24 de janeiro de 2021
No Comments

O Menino, O Cavalo E Os Seus Pensamentos

Era uma vez um menino de nove anos de idade, um menino comum, como eu, como você. Um dia seu pai lhe deu um cavalo de presente, era um cavalo grande e forte; do ponto de vista do menino, o cavalo era enorme, muito maior do que ele, muito mais forte, que o fez pensar que jamais conseguiria dominar aquele animal.

Esse pensamento produziu imediatamente um sentimento: o medo. O pai, empolgado com o presente, colocou o menino em cima do cavalo. O garoto estava tremendo, apavorado e, ao sentar no animal todo desconfortável e endurecido, segurou as rédeas com suas pequenas mãozinhas suadas. O cavalo sentiu o toque medroso do menino nas rédeas e imediatamente sacudiu o pescoço, virou o corpo de forma brusca e quase derrubou o garoto, que entrou em estado de pavor.

O menino sentiu a força do cavalo, o tamanho dele e constatou sua incapacidade de ordenar um animal daquelas dimensões. Nove anos de idade ainda não conferiam a ele força suficiente para segurar o bicho. O cavalo sentiu seu medo, sua falta de força física e começou a andar de forma nervosa pelo estábulo. O pai tentava acalmá-lo e pedia que o garoto dominasse o cavalo, caso contrário, seria prontamente dominado por ele.  E o cavalo vendo que o menino não tinha força para lutar contra, disparou com o garoto pelo pasto conduzindo o menino por caminhos cheios de buracos e barrancos.

Dez anos se passaram e o menino virou um jovem, forte, grande e que agora montava no cavalo sem nenhum receio ou medo. Ordenava e comandava o animal, usando de sua força sem dar espaço para que o cavalo impusesse suas vontades. Conduzia o animal para onde ele queria ir, parava quando tinha vontade e voltava a andar quando lhe conviesse. Finalmente, o cavalo para ele já não era tão forte e nem tão grande. Ele, o jovem, dominava o cavalo.

E o que essa história tem a ver com você e com os seus pensamentos?

Tudo! Enquanto você se deixar dominar pelos seus pensamentos, como se fosse o menino incapaz de impor suas vontades ao cavalo, eles te levarão para um caminho repleto de buracos e barrancos. Sua vida paga o preço das consequências da sua falta de domínio dos seus pensamentos e, como sabemos, os pensamentos são a raiz de todas as consequências negativas de sua vida.

O ser humano é aquilo que ele pensa. Logo, não dominar seus pensamentos significa não ter capacidade de conduzir minimamente sua vida. Significa estar sujeito a ser levado a cair em buracos emocionais e viver sob condições indesejadas e infelizes.

Dominar seus pensamentos é uma questão de treino, é um exercício constante. Atenção e concentração farão você se tornar o jovem que tem forças suficientes para conduzir o cavalo para onde ele quer ir. Treinar e exercitar o domínio dos pensamentos vai fazer você conduzir o filme da história da sua vida para que ele se torne uma verdadeira obra prima repleta de sabedoria, saúde, felicidade e prosperidade.

 

    Treine, se exercite e fique em alerta constante.

Transforme quem você é através do controle de seus pensamentos e consequentemente, transforme o filme da história da sua vida.

Dê um Ponto de Virada no filme da sua vida, faça isso antes que seja tarde demais. Não duvide, vai ter um momento, que nós nunca sabemos quando, em que o destino falará para você… CORTA!   

 

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário